in ,

Governo federal lança editais com 6.640 vagas no “Enem dos Concursos”

Os oito editais do Concurso Nacional Unificado (CNU) foram divulgados na tarde da última quarta-feira (10). Ao todo, o Enem dos Concursos vai oferecer 6.640 vagas com salários que chegam a R$ 23 mil. Os documentos serão publicados em uma edição extra do Diário Oficial da União. Confira os detalhes na página oficial.

A ministra da Gestão e da Inovação dos Serviços Públicos, Esther Dweck, detalhou  durante entrevista coletiva como vai funcionar o certame. Do total de oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência, 20% para pessoas negras e 30% para cotas indígenas.

Os postos estão distribuídos por 21 órgãos, com oportunidades para cargos de níveis médio e superior. As regras foram agrupadas em oito blocos temáticos.

As inscrições poderão ser feitas de 19 de janeiro a 9 de fevereiro, no site da Fundação Cesgranrio, banca responsável pelo processo seletivo.

Para se candidatar, o candidato deverá acessar o site ou aplicativo Gov.br. Feito isso, é necessário digitar seu CPF e seguir as orientações para criar sua conta. Os candidatos poderão concorrer a vários cargos em um único bloco.  O primeiro passo será escolher o bloco temático e o cargo, para depois ordenar a preferência entre os cargos e as especialidades.

A ministra informou que agências dos Correios e do Banco do Brasil darão apoio presencial para os candidatos que tiverem dúvidas sobre o cadastro no Gov.br. Esse atendimento será feito em unidades localizadas nas cidades onde haverá aplicação de provas.

A taxa de participação será de R$ 60 para os cargos de nível médio e de R$ 90 para os de nível superior, conforme o cargo. Podem pedir isenção do valor os candidatos inscritos no Cadúnico, doadores de medula óssea, bolsista ou ex-bolsista do Prouni e quem tem ou já teve financiamento pelo Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior).

Vagas por blocos temáticos

  • Administração e Finanças Públicas (727);
  • Setores Econômico, Infraestrutura e Regulação (597);
  • Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário (530);
  • Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação (971);
  • Políticas Sociais, Justiça e Saúde (1.016);
  • Trabalho e Previdência (359);
  • Dados, Tecnologia e Informação Pública (1.748);
  • e Nível intermediário  (692)

As vagas serão agrupadas nos blocos conforme as afinidades temáticas. Cada bloco terá diferentes órgãos e carreiras. Desta maneira, o mesmo candidato poderá concorrer a diferentes oportunidades, pagando apenas uma taxa de inscrição.

Será permitido se inscrever somente em um dos blocos temáticos. Primeiro, o candidato deverá escolher o bloco e, em seguida, elencar as carreiras que deseja concorrer por ordem de prioridade, desde que tenha os requisitos necessários.

As reservas de vagas para negros e pessoas com deficiência serão asseguradas. Inclusive, o governo federal deseja que no concurso unificado haja uma efetiva aplicação da Lei de Cotas.

Sobre as provas

As provas serão aplicadas no dia 5 de maio, em 220 cidades de todo país. Os candidatos terão que responder questões objetivas e discursivas.

Todos os exames serão realizados em um mesmo dia, em dois turnos. Na parte da manhã serão aplicadas as provas objetivas gerais a todos os candidatos. Já no período da tarde, será a vez dos exames objetivos e dissertativos específicos por blocos temáticos.


Atenção!

Todas as vagas de emprego ofertadas em nosso portal são repassadas por Empresas e Representantes de RH. As vagas anunciadas são de inteira responsabilidade de seu autor. Não nos responsabilizamos por eventuais informações falsas, caso constate algum problema nos informe imediatamente.


Telegram:

Participe do nosso grupo no Telegram e receba vagas em Tempo Real.
Link do grupo: https://t.me/esemprego

Instagram:

Siga nosso perfil no Instagram: https://instagram.com/esemprego

Twitter:

Siga nosso perfil no Twitter: https://twitter.com/ESEmprego


Reportar