in

Veja como se qualificar: Busca por profissionais de TI cresce, mas mercado não atende demanda.

ti

Nos últimos anos, uma sigla que costumava ficar escondida e resumida apenas a um setor da empresa tem ganhado notoriedade nas mais diversas áreas de atuação. O setor de Tecnologia da Informação, mais conhecido como TI, tem conquistado cada vez mais espaço nas empresas e no mercado em geral.

Apesar dessa tendência crescente, o mercado da tecnologia sofre com uma questão polêmica: não há profissionais suficientes para suprir tanta demanda.

O que pode parecer um questionamento de resposta simples – contratar mais pessoas – na verdade, não é. Segundo dados da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais (Brasscom), em 2024 o mercado vai precisar de 420 mil novos profissionais de tecnologia.

Porém, o atual ritmo de treinamento de técnicos na área não atenderia a essa demanda que, segundo a Brasscom, atualmente entrega cerca de 46 mil pessoas treinadas anualmente.

Como abraçar um mercado tecnológico em um cenário de vulnerabilidade social?

Antes mesmo de pensar nos benefícios e na importância de um mundo mais tecnológico, é preciso se ater à questões urgentes na sociedade, como a vulnerabilidade social.

De acordo com dados do Instituto Jones dos Santos Neves (IJNS), mais de um milhão de pessoas vivem na linha da pobreza ou extrema pobreza no Espírito Santo. O número de pobres e extremamente pobres no Estado é o maior em 10 anos.

Para a diretora executiva da Junior Achievement Espírito Santo, Erika de Faria Gusmão, existem vários desafios que precisam ser enfrentados neste cenário. Um deles é promover a conscientização de que essas pessoas podem integrar os ambientes de inovação e tecnologia.

“Pessoas que se encontram em vulnerabilidade, infelizmente, não enxergam a inovação como sendo parte de onde elas vivem e essa é uma das primeiras barreiras a serem enfrentadas para que possamos atingir essas camadas”, disse a diretora.

Junior Achievement Espírito Santo oferece curso gratuito na área de TI

Com o objetivo de levar a inovação e a mudança de mentalidade para essa população, a Junior Achievement Espírito Santo, organização social que promove o desenvolvimento de jovens por meio do empreendedorismo e da educação financeira, está promovendo o programa de capacitação profissional TECH.JÁ.

A iniciativa oferece um curso gratuito de educação técnica na área de Tecnologia da Informação (TI) com certificação profissional. Além disso, os participantes também vão contar com orientação sobre habilidades socioemocionais, autoconhecimento, ética, elaboração de currículos e desafios da entrevista em um processo seletivo.

A formação é destinada a jovens com idade entre 18 e 29 anos que concluíram o ensino médio na rede pública de ensino e que possuem renda de até 2 salários mínimos por membro da família.

O curso, que surge de uma parceria entre BID LabGoogle Junior Achievement Brasil (JA Brasil), possui duração de quatro meses, com 20 horas de aulas por semana.

Empréstimo de computadores para participação nas aulas

A JA Brasil, uma das responsáveis pelo curso, avalia a possibilidade de empréstimo de computadores e custeio da contratação do serviço de internet aos alunos que não possuem o equipamento em casa.

Para esse empréstimo, a empresa afirma que vai depender da disponibilidade dos equipamentos em cada localidade onde o curso é oferecido.

Participantes recebem certificação do Google

Após concluírem o curso, os jovens recebem um Certificado Profissional de Suporte de TI emitido pelo Google juntamente com a Certificação Junior Achievement Brasil.

Com isso, eles passam a fazer parte do banco de talentos das empresas colaboradoras e contam com a possibilidade de participar de diversos processos seletivos.

Para participar do programa não é preciso ter experiência ou conhecimento técnico na área, mas os candidatos devem cumprir os seguintes requisitos para entrar na seleção:

  • Ter entre 18 e 29 anos de idade;
  • Ter uma renda per capita de menos de 2 salários mínimos;
  • Ter concluído o ensino médio em uma escola pública;
  • Não estar trabalhando (em emprego formal – CLT, PJ, MEI e Jovem Aprendiz) ou estudando (em cursos de educação superior ou tecnólogos);
  • Morar na cidade onde o curso será oferecido (apesar de online, é necessário que as pessoas residam nos Estados em que as vagas são oferecidas).

Após serem selecionados, os candidatos vão passar por um teste de perfil e compatibilidade com a área profissional e, na última etapa da seleção, deverão participar da Semana Experimental do curso.

SERVIÇO

Data de inscrição: 27 de junho a 05 de agosto

Site de inscrição: https://jabrasil.org.br/ti

Número de vagas: 480

Locais: Ceará (80), Distrito Federal (40), Espírito Santo (80), Paraná (80), Pernambuco (40), Rio de Janeiro (40), Rio Grande do Sul (40), Santa Catarina (20) e São Paulo (60).

Início das aulas: Final de agosto

fonte: folhavitoriae


Atenção!

Todas as vagas de emprego ofertadas em nosso portal são repassadas por Empresas e Representantes de RH. As vagas anunciadas são de inteira responsabilidade de seu autor. Não nos responsabilizamos por eventuais informações falsas, caso constate algum problema nos informe imediatamente.


Telegram:

Participe do nosso grupo no Telegram e receba vagas em Tempo Real.
Link do grupo: https://t.me/esemprego

Instagram:

Siga nosso perfil no Instagram: https://instagram.com/esemprego

Twitter:

Siga nosso perfil no Twitter: https://twitter.com/ESEmprego


Reportar